O que é input lag?

Se você é do cenário gamer, é muito provável que você tenha ouvido falar do input lag, algo que realmente pode atrapalhar na condução de comandos para a movimentação nos jogos.

O input lag é a diferença de tempo entre um comando executado no controle de videogame ou teclado, e a sua reprodução na tela. Dependendo do aparelho, esse tempo pode ser mais longo que o ideal e influenciar consideravelmente no tempo de resposta.

A seguir você vai entender como identificar o input lag e como ajustar ele da melhor forma para que ele não seja um problema no dia a dia.

Vem comigo!

Sumário (Navegue aqui)

O que é input lag?

Trazendo a palavra para o português, input lag pode ser traduzido como “tempo de atraso na entrada de dados”.

Ou seja, é a diferença de tempo entre um comando executado em um dispositivo de entrada e a execução da ação correspondente no dispositivo de saída.

Em geral o input lag dura milissegundos (ms), mas em alguns casos ele pode ser muito alto e influenciar muito mais do que deveria na jogabilidade ou usabilidade do sistema.

Você pode usar essas referências para ter alguns parâmetros de input lag:

  • Abaixo de 20 ms — Excelente;
  • De 21 ms a 40 ms — Bom;
  • De 41 ms a 60 ms — Regular;
  • Acima de 61 ms — Péssimo.

Em geral, as TVs mais modernas tem input lag de 20ms, mas em outros dispositivos esse número pode variar, principalmente caso você jogue no modo “try hard”.

Input lag, latência (lag) e tempo de resposta são a mesma coisa?

Importante mencionar que input lag, latência (lag) e tempo de respostas não são a mesma coisa.

  • O Input Lag é o tempo que leva para um comando executado em um dispositivo emissor ser reconhecido no dispositivo receptor.
  • A latência (lag), por sua vez, está relacionada com o tempo que leva para os comandos viajarem pela internet, mais conhecido como ping.
  • Já o tempo de resposta é o tempo que a tela leva para atualizar os pixels entre uma cena e outra.

Caso ainda tenha ficado nublado, aqui vão alguns exemplos práticos:

  • Input Lag: Imagine estar jogando um jogo de corrida offline. Você aperta o botão para virar à esquerda, mas há um pequeno atraso até o carro começar efetivamente a virar para a esquerda. Esse é o input lag.
  • Latência (lag): Caso você esteja jogando online, além do input lag que pode existir, haverá também o lag, que é o tempo até o seu comando viajar na internet. Ou seja, apesar de você ter enviado o comando para o carro virar e ele ter reconhecido, ainda não foi processado na internet.
  • Tempo de resposta: Quando você está assistindo um filme de ação, as cenas de ação podem conter borrões. Isso acontece devido ao tempo de resposta da tela, que é o tempo que leva para os pixels mudarem de cor.

Como saber se estou com input lag?

Todo equipamento tem input lag, o problema está em quanto tempo de input lag existe.

Em geral, a grande maior parte das TVs modernas com resolução 4K tem essa informação em suas especificações dentro da ficha técnica. Alguns modelos dispõem até de modo gamer para melhorar o input lag.

Já equipamentos periféricos, como mouse e teclado, sempre dispõem dessa informação em suas fichas técnicas e, em alguns casos, até mesmo em anúncios para validar a efetividade do produto.

Alguns países vendem um dispositivo chamado “input lag tester”, ele mede com precisão o atraso de entrada dos dispositivos, porém, o preço é um pouco alto quando convertido para reais e não é algo tão útil depois de usar uma única vez.

Como melhorar o input lag em TVs e monitores?

Não existe uma forma de melhorar o input lag em TVs e monitores, seria necessário refazer o equipamento inteiro para que tivesse uma performance geral melhor.

Nesse caso, a melhor alternativa é comprar periféricos ou controles mais eficientes ou monitores e TVs com tempo de input lag menor.

Caso você decida por comprar uma TV, dê preferência para os modelos com recursos dedicados a jogos.

Como minimizar o impacto do input lag ao jogar

Para reduzir o impacto do input lag ao jogar, considere alguma das alternativas:

  1. Prefira conexões com fio: Controles, teclados e mouses com fio podem ter input lag menor e acelerar o processamento dos comandos.
  2. Mantenha os drivers atualizados: Manter os drivers e firmwares atualizados pode resolver problemas de compatibilidade que contribuem para o input lag.
  3. Use o modo gamer: Muitas TVs e monitores modernos têm um modo especial para jogos que otimiza automaticamente as configurações para reduzir o input lag.

Conclusão

Em resumo, o input lag é um aspecto crucial a ser considerado ao utilizar dispositivos eletrônicos, principalmente caso você goste de jogar de forma muito competitiva com outros players.

Além disso, entender a diferença entre input lag, latência (lag) e tempo de resposta é crucial para entender onde as configurações podem ser melhoradas ou ajustadas para uma melhor experiência.

É Importante mencionar que o input lag não é o principal vilão da história, ele é algo natural e que sempre vai estar presente.

A melhor escolha é encontrar um equilíbrio entre todas as variáveis, assim você garante uma experiência mais satisfatória de controle sem muito stress.

» Veja também: As melhores TVs com VRR do mercado

WhatsApp
Twitter
Facebook
LinkedIn

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar aqui, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.