Melhores Projetores de 2021 (Principais Marcas)

Poder mostrar fotos e exibir filmes para famílias e amigos têm se tornado algo comum. Para isso, nada melhor do que um excelente projetor!

Contudo, dentre tantas opções, quais são os melhores projetores?

Mas afinal, por que projetores são importantes, fazem tanto sucesso e estão em tantos ambientes atualmente?

Ao contrário do que muita gente pensa, não é somente no ambiente profissional que um projetor é importante.

Basta você olhar buffets de festas infantis e igrejas. Afinal, muitos desses ambientes possuem projetores.

Outra vantagem dos projetores é seu tamanho, já que por serem pequenos, eles podem ser levados com facilidade para qualquer lugar.

Assim, você consegue exibir o que desejar, em uma parede, adequando a exibição ao espaço que você possui.

Para uma exibição de cinema, você só precisa de uma parede clara ou uma tela, ou seja, é possível encaixar um projetor em praticamente qualquer ambiente.

Já em ambientes profissionais, como escritórios, bons projetores são necessários para exibição de apresentações e vídeos.

Mas como escolher dentre bons projetores e quais são os critérios que você deve prestar atenção antes de escolher o ideal?

Confira e tire todas as suas dúvidas.

Quais são os Melhores Projetores do Mercado?

Ainda na dúvida, mesmo com as informações citadas anteriormente?

Não se preocupe.

Separamos algumas informações sobre cada um dos modelos citados para que você entenda perfeitamente sobre cada um, tire suas dúvidas e escolha a opção ideal.

epson Powerlite S41 3300

1. Powerlite S41+3300

O projetor Powerlite S41 + 3300 da Epson apresenta excelente custo-benefício. A começar, pela longa duração de sua lâmpada, com até 10.000 horas de vida útil.

Além disso, os 3.300 lumens permitem projetar uma imagem nítida e luminosa.

Sua resolução nativa SVGA (800 x 600 pixels), somada à tecnologia 3LCD de 3 chips fornece contraste mais nítido entre preto e branco, deixando a projeção excelente.

Possui Wi-Fi e entradas HDMi, VGA, USB e RCA, além de áudio. Ou seja, há várias opções de você fazer as conexões que deseja e exibir o que quiser.

De fato, o Powerlite 541+3300 é um projetor portátil que pode também ser fixo no teto, podendo ser ideal para inúmeros ambientes.

Por último, possui a função Quick Corner, que permite ajuste fácil da imagem projetada.

A desvantagem fica por conta do preço, ligeiramente mais elevado do que de outros projetores.

Prós
  • Alta vida útil da lâmpada
  • Projeção com imagem nítida, luminosa e ajustada rapidamente
Contras
  • Preço mais elevado
epson Powerlite X39

2. Epson Powerlite X39: Wireless com baixo custo de manutenção entre os projetores

O projetor Epson Powerlite X39 apresenta 3500 lumens de cores e em branco, o que promove excelente qualidade da imagem exibida.

Com essa característica técnica, o Epson Powerlite X39 apresenta cores até 3 vezes mais brilhantes!

Outra característica interessante sobre esse projetor é que ele é wireless. Ou seja, você conseguirá acessar o que deseja exibir do seu celular, ou notebook e passar para o projetor, sem envolver fios.

Em associação ao wireless, esse projetor também possui conexão local (RJ-45).

Além disso, sua lâmpada tem vida útil de até 12.000 horas, quando utilizada no modo Eco, o que diminui consideravelmente os custos de manutenção.

Com 3 anos de garantia, esse projetor é uma excelente opção para quem quer um projetor de muita qualidade em relação às cores exibidas e longa vida útil da lâmpada.

Por último, a desvantagem do projetor Epson Powerlite X39 está na sua resolução, XGA, uma vez que já existem projetores com resolução Full HD no mercado.

Prós
  • Excelente qualidade de cores e branco
  • Vida útil da lâmpada de até 12.0000
Contras
  • Resolução XGA

3. BenQ MX550: projetor ecológico dentre os projetores

Considerado um projetor eco-friendly, justamente por apresentar baixo custo de manutenção e por apresentar baixo consumo de energia, o BenQ MX550  também apresenta outras características positivas.

A começar pela duração da sua lâmpada, ainda maior do que o modelo anterior descrito, com até 15.000 horas em modo econômico.

Conforme já mencionado, esse projetor apresenta baixo consumo de energia, o que certamente é uma enorme vantagem, sobretudo se você pretender deixar o projetor já instalado e sempre em stand-by.

Afinal, o fato de um equipamento eletrônico ser deixado em stand-by costuma causar um impacto significativo na conta de energia ao final do mês.

Mas, esse não é o caso do projetor BenQ MX550.

Além disso, esse projetor também possui 2 portas HDMI para você obter a conectividade que precisa e é bem fácil de ser manuseado.

Por último, sua resolução é XGA, maior do que os modelos SVGA.

Portanto, se você procura um projetor fácil de instalar e que não exige manutenção, essa é uma ótima opção!

Prós
  • Fácil de ser manuseado
  • Redução no consumo de energia
  • Resolução XGA, melhor que modelos SVGA
Contras
  • Preço ligeiramente mais elevado

 

projetor Acer X1123H

4. Acer X1123H: preço mais ameno

Com preço ameno, o projetor Acer X1123H apresenta ótimo custo-benefício dentre os modelos selecionados.

Afinal, há diversas características positivas que fazem com que o projetor Acer X1123H faça parte da nossa lista de melhores projetores.

Sua resolução é SVGA, a mesma de outras projetores de preço mais elevado.

Além disso, sua lâmpada possui vida útil de 15.000 em modo econômico e é extremamente fácil de ser trocada, o que constitui uma grande vantagem.

Outra característica importante é seu nível de contraste, de 20.000 :1, além de ter RGB dinâmico, o que permite excelente qualidade das cores exibidas.

Por último, esse projetor permite que você tenha acesso a conteúdos 3D, bastando para isso, ter óculos 3D adequados.

A desvantagem fica por conta da resolução, conforme já explicado, que perde para alguns modelos Full HD existentes no mercado. Mas, vale frisar que modelos com resolução Full HD possuem preços bem mais elevados.

Prós
  • Vida útil da lâmpada
  • Excelente razão de contraste
  • Preço mais ameno
Contras
  • Resolução SVGA
projetor BenQ MS550

5. BenQ MS550: sem necessidade de manutenções

Para finalizar nossa lista com os melhores projetores, vamos falar sobre o projetor BenQ MS550.

Se você está se perguntando se há muitas diferenças entre esse modelo e o BenQ MX550, a resposta é: não, não há muitas diferenças. Portanto, as qualidades positivas de um estão também presentes no outro.

Com 3.600 lumens de alto brilho, a fidelidade das imagens exibidas impressiona.

Além disso, é um projetor de fácil manuseio e que não exige manutenções.

A diferença principal entre o BenQ MX550 e o MS550 está na resolução: no caso do MX550 é SVGA e no MS550 é XGA.

No caso do SVGA, a resolução nativa é de 800 x 600 e no XGA, é de 1024 x 768, portanto maior. De fato, a pequena diferença de preço entre esses modelos se justifica pela diferença na resolução.

Prós
  • Vida útil da lâmpada
  • Não exige manutenções
Contras
  • Resolução SVGA

 

Como Escolher o Projetor Ideal para sua Necessidade?

Agora que você já viu os projetores selecionados e suas principais características, quais são os principais critérios que você deve prestar atenção antes de escolher o seu modelo?

De fato, há diversos aspectos técnicos importantes que influenciam diretamente na qualidade da imagem exibida, bem como no preço final do produto.

Dessa forma, vamos descrever os principais critérios de escolha para um projetor.

Resolução

Resolução refere-se ao nível de detalhamento de uma imagem.

Sempre que falamos em resolução de uma imagem, temos que nos ater no seu “tamanho”.

Para entender, basta pensarmos em uma foto 3×4. Uma foto 3×4 tem a resolução de 3 cm por 4 cm.

Agora, quando falamos em resolução de televisões, por exemplo, podemos citar as resoluções Full HD e Ultra High Definition (UHD), popularmente chamada de 4K.

Mas como isso é?

A resolução no caso das televisões é medida pela quantidade de pixels.

Assim, quando observamos a quantidade de pixels em cada resolução, temos uma ideia de como a qualidade da imagem melhora.

Ou seja, uma televisão Full HD possui 1920×1080 pixels (totalizando 2.073.600 pixels).

uma televisão 4K UHD possui 2840×2160 (totalizando 8.294.400 pixels), ou seja, quatro vezes mais do que a resolução Full HD.

No caso dos projetores, encontramos no mercado, modelos com diferentes resoluções, sendo essas as principais: SVGA (800×600); XGA (1024×768) e Full HD (1920×1080).

Mas, qual é a indicação de cada uma dessas resoluções?

Obviamente, as resoluções menores (SVGA) têm indicações de apresentações mais simples. Já a XGA é indicada para apresentações mais detalhadas, com mais imagens e gráficos detalhados, por exemplo.

Por último, a resolução Full HD é considerada a melhor, inclusive sendo indicada para ambientes independentes da luz.

Vale lembrar que a resolução acaba influenciando o preço. Portanto, um projetor com resolução Full HD apresenta preço mais elevado do que um projetor com resolução SVGA, por exemplo.

Porém, se os projetores não possuem telas (como é o caso das televisões), como funciona a resolução desses aparelhos?

Resolução nativa X resolução máxima suportada

Os projetores possuem micro displays internos, que contêm uma matriz fixa de pixels.

Essa é a resolução nativa do projetor e já vem com o produto, portanto, não dá para alterar.

Assim, essa é a resolução real que o projetor consegue entregar.

Portanto, preste atenção em quanto é a resolução nativa no projetor no qual você está interessado.

Já a resolução máxima suportada é o quanto aquele projetor consegue suportar.

Mas, para exibir aquela resolução, quando diferente da resolução nativa, o projetor reescalonará a imagem.

Dessa forma, resoluções acima da resolução máxima suportada simplesmente não aparecem na projeção.

Polegadas

Para manter a qualidade da imagem, é necessário verificar a altura e a largura da imagem exibida pelos projetores, geralmente indicadas por polegadas.

Em geral, a quantidade de polegadas da imagem dos projetores varia de 80 até 347, mas quando se pensa em um valor médio para se basear, 100 já é um valor bom.

De fato, uma imagem com 100 polegadas representa uma imagem com qualidade e bastante nitidez, no tamanho 124,5 x 221,4 cm.

Lumens ou brilho

Você certamente já se deparou com o termo lumens quando lê a descrição de um projetor, não é mesmo?

O brilho exibido por um projetor é medido em lumens.

Na verdade, o termo correto, padronizado, é ANSI Lumens, que significa a medida da luminosidade padronizada pela American National Standards Institute.

De fato, a quantidade de lumens está diretamente relacionado ao quanto determinado ambiente deverá estar escurecido para que a imagem tenha boa visibilidade.

Por exemplo, um pôr-do-sol possui 400 lumens, já o sol a pino, 100.000 lumens.

No mercado, encontramos projetores com 500 lumens, até mais de 2000 lumens.

Os projetores com menor número de lumens são mais baratos, os considerados médios ficam na faixa de 1000 lumens e os mais caros, acima de 2000.

A vantagem de um projetor com uma quantidade maior de lumens é que você não precisará escurecer muito o ambiente para ter uma exibição de qualidade.

Por outro lado, um projetor com uma quantidade menor de lúmen, apesar de mais barato, necessitará de um ambiente mais escuro para que a imagem seja exibida com qualidade.

Contraste

O contraste também é bastante importante na qualidade da imagem exibida.

Mas o que é contraste?

Contaste pode ser definido, de uma maneira simples, como a diferença entre o branco e o preto.

Ou seja, quanto maior o grau de contraste, mais nítida será a exibição da imagem.

Geralmente, os projetores apresentam a informação de contraste através de uma razão.

Por exemplo, um projetor com a razão de contraste de 20.000:1 significa que o branco é 20.000 mais brilhante que o preto mais escuro.

Tecnologia de projeção

No mercado, encontramos projetores com diferentes tecnologias de projeção.

As duas mais comuns encontradas são a LCD e a DLP.

A LCD, Liquid Crystal Display, utiliza três painéis de cristal líquido, com a gama de cores primárias RGB (Red), vermelho (Green), verde e Blue (Azul), com todas essas cores projetadas na tela de uma só vez, resultando na imagem colorida.

Por outro lado, a tecnologia DLP, Digital Light Processing, é a tecnologia utilizada na maioria das salas de cinema.

A grande vantagem dessa tecnologia é o selamento do processador, o que faz com que a manutenção em função de poeira seja menor.

Portanto, nos projetores com tecnologia DLP, não há degradação das cores em função da poeira, o que representa uma grande vantagem.

Além disso, nesses equipamentos com essa tecnologia, não há necessidade da substituição dos filtros de ar.

Por isso, esses equipamentos custam mais caro, mas fazem menos barulho durante a exibição.

Peso

Uma das características importantes a serem avaliadas em um projetor é seu peso e também estilo.

Afinal, existem mini-projetores e projetores maiores.

Portanto, é importante você estabelecer qual será o seu uso: você precisará transportá-lo constantemente de um lado para o outro?

Ou o projetor ficará fixo em um mesmo local?

Para pessoas que terão que transportar constantemente o projetor, a escolha por um mini-projetor pode ser bastante interessante, em função do seu peso menor.

Estilo

Outro fator é o estilo e aí não se discute: há vários estilos e diferentes designs de projetores.

Há projetores com desenhos diferenciados, já outros são mais tradicionais, mas a maioria dos fabricantes, atualmente, prefere lançar e manter no mercado, modelos mais minimalistas e bastante compactos.

Afinal, se o projetor ficará exposto, não é interessante que ele seja enorme! Portanto, as empresas já se atentaram a fazerem modelos pequenos e com design interessante.

Conexão

Como o seu projetor vai se comunicar com seu computador ou celular?

De fato, os projetores mais modernos apresentam diferentes formas de conexão, incluindo Bluetooth e Wi-Fi.

Isso é interessante, pois quando se há conectividade wireless, facilita seu uso, embora isso também acabe influenciando no preço final do projetor.

Já os modelos mais comuns apresentam as formas de conexão mais simples, tais como HDMI, USB e entrada para cartões de memória.

Preço

Por último, o item que muitas vezes acaba definindo uma compra: o preço do produto.

Agora que você já sabe quais são os critérios importantes na escolha de um projetor, você conseguirá entender com facilidade porque um projetor custa mais do que outro.

Portanto, projetores mais modernos, com maior resolução, maior razão de contraste, quantidade de lumens, com conexões wireless e tipo de tecnologia DLP custam mais caro.

Por outro lado, há também bons projetores, com preços mais amenos, mas que também apresentam excelentes características técnicas.

Portanto, é sempre bom avaliar o custo-benefício do projetor que você pretende comprar.

Dessa forma, depende muito como você usará o projetor, em qual ambiente e o que pretende exibir.

Considere essas informações na hora de escolher o seu projetor ideal, conforme as suas necessidades.

Conclusão

Escolher um projetor entre tantas opções no mercado pode parecer difícil.

Contudo, quando você tem as informações corretas, observando a nossa lista dos melhores projetores, fica mais fácil fazer a escolha ideal para você.

Além disso, entender os critérios técnicos importantes para a escolha de um projetor, tais como resolução, tipo de tecnologia, quantidade de lumens e contraste, por exemplo, pode te ajudar a fazer uma escolha acertada, conforme as suas necessidades.

Continue acompanhando os artigos do ReviewTV para se manter bem informado(a) sobre o mundo da tecnologia.

tv png

TVS COM DESCONTO!

Lista de TVs mais vendidas da Amazon