Os serviços de streaming ganharam cada vez mais público e dentre eles existe o Amazon Prime, o serviço oferecido pela gigante Amazon.

Concorrente direto da Netflix, muitas pessoas ficam em dúvidas se vale a pena assinar o Amazon Prime ou se vale a pena trocar a Netflix pelo Amazon Prime.

Vamos analisar o serviço oferecido e se vale a pena fazer a assinatura desse serviço de streaming. Confira!

Amazon Prime Video

O grande destaque do Amazon Prime fica por conta do Amazon Prime Video, visto que o serviço de streaming é atualmente o maior concorrente da Netflix.

O catálogo de filmes e séries do Amazon Prime Video melhorou bastante nos últimos anos, com a adição de opções variadas, sendo constantemente atualizado.

Mas, será que em comparação à Netflix, o Amazon Prime Video vale a pena?

Vamos elencar os prós e contras do Amazon Prime Video.

Prós do Amazon Prime

1 – Frete grátis no site da Amazon

Bastou assinar o serviço de streaming da Amazon para você ter direito a frete grátis em compras na Amazon, independentemente do valor.

Ou seja, se você é um adepto de compras de produtos no site da Amazon, então ter frete grátis certamente representa uma economia a longo prazo.

2 – Produções exclusivas

Há diversas opções de produções que você só vai encontrar se for assinante do streaming da Amazon Prime Video.

Dentre essas produções, podemos citar “O Homem no Castelo Alto“, “The Marvelous Mrs. Maisel“, produção essa, inclusive, que levou o Globo de Ouro como melhor comédia em 2020.

Outras produções que merecem destaque e são encontradas na Amazon Prime Video são as séries “Electric Dreams” e “American Gods“, por exemplo.

Além de “American Gods“, “Jack Ryan“, “The Good Fight“, “The boys“, dentre outras também merecem destaque.

No caso, “The boys“, lançada em 2019, com a segunda temporada em 2020, ganhou fãs e discussões sobre os episódios da série no mundo.

Outra série que merece destaque é “Modern Love“, estrelada por Anne Hathaway e Tina Fey.

Quem é amante de automóveis vai adorar The Grand Tour, programa exclusivo que fala, com muito humor, sobre conteúdos de carros, amizades, dentre outros assuntos. É baseado no antigo programa Top Gear, da BBC.

3 – Séries clássicas

Se você gosta de Seinfeld, ou The Office, duas séries clássicas, só encontrará essas produções no serviço de streaming da Amazon.

Embora muitas séries mais antigas sejam encontradas na Netflix, outras séries estão presentes somente na Amazon Prime.

Outro exemplo é a série “Parks & Recreation” e “This Is Us“, também hoje só encontradas no serviço de streaming da Amazon Prime.

catálogo do prime

4 – É mais barato assinar Amazon Prime

Se você for comparar o valor mensal da assinatura da Amazon Prime com o da Netflix, a Amazon leva vantagem, saindo mais barato que o serviço de streaming rival.

Embora a diferença de preço seja pequena, se você tiver que escolher uma única opção de streaming, apenas pelo preço, o Prime Video da Amazon ganha.

5 – Adicione canais

Caso você queira, você também poderá adicionar alguns canais à sua assinatura.

É o Prime Video Channels, que te permite adicionar os canais StarzPlay, Paramount+, MGM, Looke, Noggin by Nick Junior e Love Nature.

Contras da Amazon Prime

Mas, nem tudo são flores.

Fazendo uma análise criteriosa dos serviços oferecidos pelo Prime Video, ou seja, somente a qualidade dos conteúdos do streaming e comparando-o com o oferecido pela Netflix, vamos ver quem vence essa análise.

1 – Catálogo mais pobre em filmes e séries

O catálogo de filmes da Amazon Prime Video perde quando comparado ao da Netflix.

Sobretudo em relação a filmes, a Netflix tem um catálogo mais robusto, com mais opções, embora a Prime Video esteja melhorando a cada ano.

Mas, em relação a séries, se você procura opções mais atuais, produções como “The Crown” e “O Gambito da Rainha” ainda ocupam os primeiros lugares com o público, em qualidade de produção.

2 – Difícil espelhamento

Se tem algo que incomoda profundamente no Prime Video, em comparação à Netflix, é sua dificuldade de espelhamento.

Ou seja, se você está assistindo ao Prime Video pelo aplicativo no celular e deseja espelhar o que está vendo na sua televisão, pode esquecer.

Com o aplicativo da Netflix, isso é feito com enorme facilidade, tanto se você usa uma televisão com Chrome Cast, quanto se você tem uma Smart TV e não quer utilizar o aplicativo direto da TV.

Já com o Prime Video, isso não se consegue.

3 – Só funciona em Smart TVs com o aplicativo

Se você não tem uma Smart TV que já veio com o aplicativo do Prime Video, então só vai conseguir aproveitar o catálogo do Prime Video no seu celular.

4 – Bom em celular, mas em televisões nem tanto

Para assistir ao Prime Video em dispositivos móveis, você não terá nenhum problema. Mas, na televisão, a história é outra.

Já explicamos a dificuldade de espelhamento e a necessidade de o aplicativo estar presente na SmartTV.

Porém, na televisão há outros problemas também: o catálogo aparece, muitas vezes, bagunçado e você não consegue acompanhar a ordem certa da série.

Se pretende avançar algum episódio, corre o risco do episódio travar ou o aplicativo sair do ar na televisão.

Em nossa conclusão, o Prime Video funciona melhor no celular do que na televisão.

5 – As legendas são ruins

Não entende bem inglês? Então prepare-se para sofrer assistindo a produções no Prime Video, visto que muitas vezes as legendas não são sincronizadas e torna-se difícil entender o que se passa nos filmes ou séries.

Ou seja, é preferível assistir ao conteúdo em inglês, sem legendas, caso você tenha entendimento total da língua.

E pior, se você decide mudar a legenda no meio da exibição, corre o risco do aplicativo travar ou então sair do ar. Assim, o usuário pode passar raiva!

6 – Não dá para usar em várias telas

Quando se pergunta quantas telas é possível ver ao mesmo tempo no Prime Video, ao contrário da Netflix, a resposta é: uma.

Não há, no Prime Video, um plano familiar, o qual permita até um número X de pessoas assistindo ao streaming ao mesmo tempo.

7 – Propagandas

Quando você é assinante de um produto, não espera ter que aguentar propagandas no meio da exibição.

Pois, isso não ocorre com o Prime Video. Sim, propagandas existem e você terá que vê-las, já que parece que elas fazem parte do acervo do Prime Video.

De fato, as propagandas estão presentes sempre no começo de um filme ou então quando você faz alguma pausa na transmissão. São praticamente 30 segundos de propaganda, toda vez.

Isso desanima um pouco a experiência.

8 – Sugestões ruins e mecanismo de busca deixa a desejar

Sabe quando o algoritmo te indica algo que nada tem a ver com seu perfil? Pois é, é exatamente isso que ocorre na plataforma Prime Video.

O algoritmo, não se sabe exatamente porquê, chega a fazer indicações literalmente completamente fora do seu perfil, o que também desanima.

E por último, o mecanismo de busca deixa bastante a desejar. Isso porque não é um sistema inteligente, como o da Netflix.

Você precisa digitar exatamente o nome do que procura, sem nenhum erro, senão não conseguirá achar o que procura, mesmo que esteja no catálogo.

Como assinar Amazon Prime?

O serviço de assinatura da Amazon Prime é contratado facilmente pelo próprio site da Amazon, a gigante do e-commerce mundial.

Ali, você precisa fazer um cadastro, inclusive de cartões de crédito (Visa, Mastercard, American Express e Elo Cartões). Assim, o valor da assinatura é debitado diretamente no cartão.

O valor não é dos mais caros e você ainda tem um período de testes gratuito, para ver se gosta do Amazon Prime.

Quando você opta pela assinatura do Amazon Prime, também ganha acesso à Amazon Prime Video, com várias séries e filmes, Prime Reading, que possui um catálogo de livros, Prime Gaming, com acesso a jogos online e Prime Music, com acesso a músicas.

Além disso, assinantes Amazon Prime têm frete grátis para compras no site da Amazon.

O preço do serviço de assinatura depende do serviço contratado. Inicia-se com R$ 9,90 com o pacote mensal. O usuário também pode optar pelo pacote anual, no valor de R$89,00.

Afinal, Amazon Prime Video é bom?

Então, depende.

Perde em muitos critérios para a Netflix (menos conteúdo, espelhamento, na televisão não funciona tão bem, legendas ruins), mas ganha nos pontos de conteúdos exclusivos e nos benefícios adjuntos (frete grátis, livros e games).

Talvez valha a pena você testar por 30 dias e avaliar, com calma, se vale a pena tornar-se assinante do serviço.